RESUMÃO Lost 5×06 – 316

21 02 2009

Um episódio que inicia um novo arco para a série. É como se o Destino estivesse brincando com os losties. O  Destino como um DJ, mudando o início da música que os embala. Se tudo iniciou com o vôo 815 da Ocean Air, tudo deve recomeçar com o vôo 316 da Ajira Airways, como num loop infinito. 316316316. Eu explico 6+3=8. 1 é o elemento neutro. 1-6 (pois está à esquerda) =5. As linhas temporais estão em pura desordem. Recriar as circunstâncias que os levaram à ilha pela primeira vez é o mais importante. E não sou eu quem falo, é a Sra Hawking que tudo sabe. E se não tudo, pelo menos sabe uma boa parte dele.

A referência do 316 na verdade vêm do texto bíblico que está em John(João) 3:16, que lemos:

“Por que Deus amou tanto o mundo que deu seu filho unigênito, a fim de que todo aquele que nele exercer fé não seja destruído, mas tenha vida eterna”.

Jesus estava falando a seus discípulos a respeito da ressurreição. Se antes apenas tinhamos uma idéia vaga a respeito da perenidade da alma/espírito daqueles que morreram na ilha ou em prol dela, agora temos certeza. Ou alguém ainda duvida que Locke aparecerá dando instruções a Jack e os outros do mesmo plano em que o pai de Jack, Claire e Jacob estão?

Bom, vamos ao início do episódio.The Light PostA Sra. Hawking guia Desmond, Jack, Ben, Sun para a primeira estação Dharma. O lampião, ou O Poste. Prefiro ‘lampião’ pois pra mim remete melhor a Nárnia, o mundo de Clive Staples Lewis, que demarcava o limite do mundo de Nárnia. A estação Lampião foi a primeira das estações criadas com o objetivo primário de encontrar a localização física da ilha. Porém, com o tempo, uma pessoa muito inteligente resolveu procurá-la não onde ela estava, mas onde ela estaria ‘agora’.

9-23-54No quadro negro cheio de operações físicas e matemáticas (que não me arrisco a tentar entender), Jack vê a foto da primeira aparição da ilha dia 23 de Setembro de 1954. Já sabiamos que era mais ou menos nessa época desde o episódio 5×03 – Jughead. Em que os Outros estavam lidando com uma invasão de hostis, na verdade, um exército. Será que o governo também está envolvido na trama?Pêndulo de FoucaultLegal também ver o Pêndulo de Foucault, que é usado para demonstrar a rotação da Terra, e na série, para localizar a ilha flutuante no tempo e espaço. Desmond estava andando no meio dele, e eu louco pra ele dar um tapa naquilo, ou melhor, o pêndulo bater no Desmond! Ok, parei.Guam

A Senhora Hawking explica que a ilha possui janelas de entrada e saída. Pelo que eu entendi, cada um dos 6 que saíram possui  uma janela, tanto que a de Jack fechará em 36 horas, por isso a necessidade de recriar ao máximo os eventos que levaram ao primeiro acidente que os levaram à ilha. Então a janela do Jack é a mais próxima a ser fechada e a única aberta no momento? É o que entendi. Desmond não entendeu, teve uma discussão com a Sra. Hawking. Entregou a mensagem que Faraday deu a ele, pedindo ajuda para a mãe. Ela disse que estava ajudando. Desmond vira as costas e a Sra. Hawking avisa: “A ilha ainda não terminou com você”. Ele descarrega 4 anos de mágoa na vovó, aconselhando Jack a não fazer o que ‘essas pessoas’ diziam e que eles eram apenas peças de um jogo. Dizendo isso, sai. Como sabemos que as regras da ilha não se aplicam a ele, eu estou tranqüilo sabendo que ele, e talvez Penny e seu filho, retornem à ilha. Mentira, já disse do meu medo que tenho se Penny pisar na ilha.

A Sra. Hawking continua a explicar que  o próximo vôo da Ajira Airways, 316, irá para Guam, e que passará muito próximo das coordenadas da ilha. Tem de ser esse vôo, diz ela. A Sra Hawking leva Jack para um particular e entrega uma carta para ele. É a carta de suicídio de John Locke. Ela ainda informa que a causa da morte foi enforcamento. Taí uma coisa que eu não imaginava. Enfim, a carta foi entregue e ela ainda o avisa que Locke fará o papel do pai de Jack na reconstrução dos fatos e servirá como um conector, ligando este mundo ao mundo da ilha. Um pai que guia os passos do filho para o seu melhor. Para que Locke possa fazer o papel de pai de Jack, ele precisa de algo do Dr Cristian Shephard. Um ótimo diálogo se inicia. Jack diz que fazer isso é ridículo e a Sra Hawking pede para ele parar de pensar em quão ridículo é e começar a se perguntar  se ele acredita que dará certo ou não. “É por isso que se chama um salto de fé.” O homem da razão que quando confrontado com a fé se embebedou, drogou, se perdeu. Agora um homem que se esforça em aceitar e respeitar a mesma fé que seu companheiro tanto tinha arraigada em si ao ponto de se sacrificar por ela. E a conversão de Jack não termina.Tomé - CaravaggioAo sair da sala da Sra. Hawking, Jack se depara com Ben orando na igreja. Ben está louco para saber o que eles conversaram, mas Jack não cede aos desejos de Ben, que percebe que o companheiro está perturbado, Ben conta a história de Tomé, o apóstolo que teve de tocar nas chagas de Cristo para crer que ele havia ressuscitado. “E ele se convenceu?” pergunta Jack. “Mas é claro. Todos nos convencemos uma hora ou outra, Jack”. Ele não tem escolha a não ser aceitar e reparar os danos causados àqueles que ficaram para trás. Ben então sai da sala dizendo que fez uma promessa a um antigo amigo e que precisa amarrar uma ponta solta. Aposto que ele foi atrás de Penny para dar cabo da loira.

Jack então em um bar (como se não, né?) recebe uma ligação do asilo em que seu avô, Ray Shephard, está, avisando que ele fugiu novamente. Parece que neto e avô tem um bom relacionamento. E eu duvido que seja a única vez em que o veremos. Ao desfazer as malas do avô fujão, Jack encontra o sapato de seu pai, e mais uma ponta solta no passado é amarrada, O pai de Jack estava de tênis branco pq Jack o enterrou com um tênis seu. Ele achou que seu pai não merecia grande atenção ao ser preparado para o enterro.

De volta para casa, Jack ouve um barulho de uma pessoa entrando na sua casa. É Kate. Ela está muito estranha e diz estar decidida a voltar com ele para a ilha. Kate só faz uma exigência, a de que Jack nunca, jamais perguntará por Aaron. Jack, passivo, aceita. E Kate lasca um beijo delícia no cabra. Transam loucamente. Estaria ela fazendo a linha Clarie? eu explico. Eles não devem recriar ao máximo os eventos que os levaram à ilha? Alguém deve tê-la obrigado a engravidar e retornar com Jack e os outros. Quem o fez? Aaron ficou com a avó dele? Veremos o pivete na ilha? Kate está mesmo grávida? Ai… LOST!Ben Acabado (hã? hã? hehehe ¬¬...)Quem fez isso com ele? Que ele foi atrás da Penny tá na cara, afinal, ele está em um porto.Mas quem fez isso com ele? Vamos supor. A Penny estava com o Desmond, e ele pouco provável iria fazer esse estrago no Ben, a não ser que ele ameaçasse a vida de Penny ou de seu filho. Eu não tenho nenhum problema em vê-lo em um flashback fazendo isso. Ben pede para Jack buscar o cadáver, John Locke. Ele então tem a oportunidade de trocar os sapatos de Locke. Cena que eu tremi. Não gosto de cadáveres. Jack fala com Locke, dizendo que onde quer que ele esteja, Locke deve estar rindo da situação. Que tudo aquilo era uma loucura maior do que a loucura dele. E Jack, fugindo da responsabilidade, devolve a carta ao bolso de Locke.CaesarNo aeroporto, Jack, e nós, vemos pelo primeira vez o novo personagem da trama, Caesar, oferecendo suas condolências a Jack pela perda do amigo. Colé a desse novo char, não tenho a mínima.

Y: The Last ManJack avista Kate, encontra Sun e também avista Sayid, que está sendo escoltado. Hurley também está no aeroporto para pegar o mesmo vôo. Ele esta lendo Y: El Ultimo Hombre. esta HQ da Marvel conta a história do último mamífero na Terra após uma série de mortes. Ainda não li, mas a crítica fala muito bem desta HQ. Outra curiosidade é que ela é escrita por um dos colaboradores de Lost, Brian K. Vaughan. Hurley compra mais 78 assentos que estavam vagos, com dó das pessoas que poderiam vir a embarcar no vôo. Ou seja, ele sabe o destino daquele vôo e se importa com os envolvidos mesmo os inocentes. E o menino que aparece está jogando um Nintendo DS Lite, branco =D Hurley está levando um violão. Será que Charlie pediu isso? Foi Charlie quem avisou sobre o vôo? Ou foi o Abbadon (e nada me tira da cabeça que Abbadon é na verdade Walt do futuro)?Llana e SayidEles entram no vôo. Llana , a nova personagem da série, é quem escolta Sayid. Eles não trocam nenhuma palavra. Estaria Sayid profetizando quando disse que da próxima vez em que se encontrassem seria muito embraçoso para todos? Enfim. Ben, o homem que sempre está preparado para tudo, que sempre está no lugar certo na hora certa, chega atrasado no vôo por conta de seu ‘acidente’. Hurley protesta, mas tudo fica bem. E mais uma vez, Ben está desinformado. Ele fica claramente surpreso ao ver Sayid e Hurley no vôo. A carta de Locke novamente chega às mãos de Jack, como que pedindo para ser lida. Jack pergunta sobre as outras pessoas do vôo, se elas ficariam bem, ou o que aconteceria com elas. Ben, com suas tiradas maravilhosas responde “Who cares?!” Ou em bom português: “Quem se importa?” Ben não se preocupa com os meios, desde que no fim, o bem seja maior.

SunE  o avião decola. Jack vai conversar com Kate e mais um diálogo importante. Jack está claramente perdido. Não sabe como retomar o seu lugar como líder da razão, principalmente porque agora precisa unir razão e fé. Ele vai conversar com Kate, e pergunta como é que todos eles vieram parar novamente no mesmo vôo. Kate claramente não quer papo pois responde “Comprando uma passagem.” Até a Kate tá tirando o Jack =O Ele continua perguntando se a sardenta não acha que isso significa alguma coisa, eles estarem juntos novamente. Kate responde o que já estava rondando a minha mente:

“Estarmos no mesmo avião, Jack, não significa estarmos juntos”.- Kate

A conversa é interrompida pelo capitão do avião, que não é ninguém menos que Lapidus! Aquele que deveria estar no vôo da Oceanair!LapidusJack conversa com ele e ele já vê todos os outros e entende que aqueel vôo jamais chegará a Guam.

Ben lê confortavelmente seu livro Ulysses, de James Joyce. A história do livro tem tudo a ver com a série. A obsessão de Leopold Bloom, que faz alusão a Ulysses, o Odisseu exilado em Odisséia, de Homero, em voltar para casa. Jack pergunta a Ben como ele consegue ler com tudo aquilo acontecendo. Ben responde que pode ler pois sua mãe o ensinou. Mentira! Sabemos que a mãe de Ben faleceu após seu parto! Esse é o Ben que conhecemos. Jogador, manipulador. Mas ele ajuda Jack a assumir o risco de se magoar e ler a carta que Locke deixou para ele.Ulysses - James Joyce Ben se retira, dando mais privacidade para Jack. Ele abre e lê na letra de John Locke:

“Gostaria que você tivesse acreditado em mim” – JL

Assim que ele termina de ler, o avião entra em uma turbulência violenta. Começou.

O clarão acontece e tudo começa novamente, como se fosse o episódio piloto da primeira temporada. Jack estirado no chão. A câmera se aproxima de seu olho e de repente ele abre.Jack ShephardE se lança para ajudar Hurley que está se afogando no melhor estilo Kiko (meu querido, é só ficar em pé!). Ele ajuda Kate, que está próximo a eles. Eles ouvem um barulho de carro se aproximando. É uma kombi da Dharma, que já vimos sendo usada pelo pai de Ben, Hurley e Sawyer. Mas dessa vez quem a está guiando é Jin.

Jin, by DharmaPelo visto os saltos temporais pararam, ou diminuiram de freqüência.Fim do episódio. Mas não das perguntas! Como eles coseguiram se infiltrar na Dharma? Onde estão Sayid, Llana, Caesar, Ben, Sun e Lapidus? No futuro? Porque já vimos a garrafa d’água da Ajira na ilha. Como eles irão se encontrar? Ai… LOST!(2)

Só na semana que vêm!


Ações

Information

One response

20 05 2009
Guia RESUMÃO Lost – 5ª Temporada « Rafael Na Net

[…] – RESUMÃO Lost 5×06 – 316 […]

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: