E Como Anda A Vida? (ou O Que Fazer Sem Lost)

12 03 2009

Pois é gurizada (não sou do Sul, mas amo o sotaque e as gírias desse povo), nessa semana não há Lost. O que fazer? Escrever sobre o que aconteceu nos último dias!

Primeiro pessoas que jamais pensei encontrar no Twitter estão aparecendo. Logo, preciso moderar meus tweets. Inferno.

Daí que na sexta-feira, dia 06/03, houve uma ação de sete atores e dois grupos teatrais da cidade de São Paulo que transformaram a Avenida Paulista em Praia! Isso mesmo, com direito a canga, esteira e sungão! Qualquer ação que insira uma realidade em outra com apenas alguns poucos laços que prendam, façam parte da realidade dos que estão inseridos, e mesmo assim cause estranheza, e por sua vez reflexão, pra mim é válido =)

Clique para ver mais

Clique para ver mais

Tirei algumas fotos rápidas (que não ficaram muito legais). Choveu. Maior dó! Mas isso não os abalou, ficaram no vão livre do MASP. No mesmo dia fui assistir Watchmen – O Filme. Vocês já sabem o que achei do filme. Quer dizer,  desde que tenham lido o post abaixo.

Pula pra hoje. No caminho para o trabalho tive a visão do inferno. Satã e pomba-gira vestiram aquele Ser, não é possível. Tentarei descrever. Sapato de saltinho vermelho com bolinhas brancas; Calça de cintura baixa de cetim preta, daquelas que marca a calcinha,. No caso uma pipa; Blusa de cetim preta com o  umbigo aparecendo; Cinto, daqueles grossos, vermelho; Morena tingida de loira com uns quatro dedos de raiz.

Nada contra , mas tipo assim, se você quer tingir o cabelo, faça direito. Sabe manutenção? Mas isso não foi o que me deixou sentindo vergonha alheia. O que me deixou transtornado foi o fato da pessoa ter duas bundas. Sim, gordenha. Novamente nada contra. Mulher tem que ter carne (com parcimônia), abaixo as anoréxicas! Mas a coisa era tão horrível que a pessoa tinha estria no umbigo! E expunha aquela coisa para o mundo!

Agora refletindo sobre essa mulher que teve coragem de se vestir dessa fora, e sobretudo, coragem de sair de casa vestida daquele jeito, eu sinto inveja. Inveja pelo desejo e a determinação de ser feliz que a pessoa possui. Pela expressão facial da candanga dava pra ver que era uma pessoa feliz, resolvida na vida. Me sinto obrigado a parabenizá-la. Mas não perdôa-la por ter feito aquilo com a minha manhã de quarta-feira. Não mesmo!

Resumindo, esse post foi mais para encher lingüíça. Não tinha nada pra fazer, então porque não escrever, né? Se bem que eu podia estar desenhando… Falando em desenho, o Hector Lima lançará suas novas HQ’s  na Livraria HQ Mix, em São Paulo, nesta sexta-feira, dia 13. Ele não desenhou, foi o roteirista das histórias. Eu estarei lá, amo quadrinhos e gosto de prestigiar o trabalho de brothers brasileiros =)

Ainda dominarei essa arte de escrever e lançarei meus próprios trabalhos com os mundos e seres que caminham em minha mente (insira som de trovão aqui) HUAHUAHUA!

Ah! E hoje teve a foto do melhor cosplay EVER! Mandaram pelo Twitter.

</vadiagem>

Anúncios

Ações

Information

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: