Signs, Ashton Kutcher x CNN e Piratas

17 04 2009

Com certeza o vídeo mais lindo que vi na internet nesses últimos dias. Está em inglês, mas não precisa saber a língua para entender. Assista aqui.

Já assistiu? Então vou comentar. Quando a minazinha se muda da janela eu fiquei falando pro cara “Vai no prédio dela! Pergunta por ela!” Mas será que eu teria esse dinamismo? Fica a dúvida.

Nessa madrugada Ashton Kutcher atingiu 1 milhão de seguidores, deixando a CNN para trás (e recebendo os parabéns da própria. Adouro um fair play). Não sabe do que se trata? Foi assim, Kelson (That’s 70 Show) desafiou passar a CNN em followers no Twitter e se ele conseguisse doaria $100.000,00 dinheiros americanos para uma instituição que luta contra a malária. Eu confesso que dei follow pela causa. E assisti ao vivo a corrida pelo follower número 1kk. Quer saber o mais ridículo disso tudo? Tinha um monte de gente ligando pro cara dizendo que ele estava mudando o mundo, que era um momento histórico na internet e a força da voz do povo. Oi? Neo, é você?

Mais engraçado ainda é dar uma olhada no trending topics de hoje. A hashtag mais usada? #unfollowfriday, @aplusk! Eu dei unfollow na madrugada mesmo. Fik dik.

Sim, Punky, a levada da breca, é amiga do casal Ashton+Demi Moore. Gritou mais que Demi quando chegou no 1kk. Aí tem.

ClichêE o Pirates Bay, maior site que hospeda arquivos .torrent, foi condenado a pagar uma indenização de quase 7 milhões de Reais para empresas como Warner, Sony, EMI, entre outras, além de condenados a um ano de prisão. Sobre a condenação e explicando o que é BitTorrent, você pode ler o texto do Rafael Losso e esse mais completo do Gus Fune.

O site continua na ativa, e os caras vão apelar, lógico. É ridículo a indústria fonográfica tentar lutar contra downloads/troca de arquivos. É como cortar o galho de uma árvore como exemplo para ue as outras caiam sozinhas. Não tem como! Você pagar $60 dinheiros brasileiros por um CD, $300 paus para assistir um show ou R$150 por um DVD é ok, enquanto compartilhar um arquivo que você tem, disseminar cultura, torná-la acessível para outras pessoas que podem vir a gostar e comprar o produto físico, espalhando para mais pessoas que podem fazer o mesmo para mais outras, não é? Eu mesmo já o fiz, baixei e comprei jogos, DVD’s. Vejo como um teste-drive, afinal, gastar uma grana alta por algo que você só conhece através de teasers e pelo que outros falam é difícil. Se somos todos piratas por compartilhar, tragam meu tapa olho e a perna-de-pau.

Anúncios

Ações

Information

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: