Vários Em Um Só

17 06 2009

…ou Complexo de Fernando Pessoa.

Quando era menor tinha uma imaginação muito fértil e espontânea. Quer dizer, toda criança é assim. Ou melhor, nem toda. Minha sobrinha, que na verdade é prima, filha da minha prima, não tem imaginação. Tenho dó. Como eu sei? Fim de semana, churrasco com a família, irmã e primas dela brincando de casinha e escolinha e a menina levando tudo a sério! Não entrou no personagem. Tipo, não vai conseguir jogar RPG! Muita dó!

Voltando. Eu tinha muita imaginação na minha infância e hoje tenho que anotar rápido uma idéia, fazer um rascunho rápido de algum desenho que martela a minha cabeça. Só que eu tenho muitas idéias de várias coisas. É a velha história de querer abraçar o mundo. Meus braços são até grandes (quem me conhece que o diga. Calma não é nada bizarro =P), mas não o suficiente. Agora encasquetei que quero um site (na verdade um blog, porque né? Humildade sempre!) bonitinho, .com e tals. O problema é que detesto linguagem de programação. Já contei a história do Web Design que curso por ser um “cavalo dado”? Só estou lá pelo “Design”, digamos assim. Mas enfim, darei o meu melhor nesse quesito. Vai que gosto, né?

Sabe o que piora mais as coisas? Desde que me entendo por gente há uma fase do ano em que volto pra dentro de mim e como uma ostra me fecho pro mundo. Isso sempre acontece no Outono/Inverno, época que detesto. Detesto passar frio. Não nego que é a época em que o pessoal é mais elegante, tem quentão e pé-de-moleque, mas ODEIO sentir frio, sair com um monte de blusa, não gosto. Inveja dos ursos, hibernaria fácil. Nessa época do ano assumo uma outra personalidade. Fico em casa desenhando (como se soubesse), escrevendo (como se fosse algo que valha), navegando na net. Essa persona devia até ganhar um nome…

Falando em ostra, ontem comi marisco. Coisa besta. Primeiro que não gosto de peixe. O único que gosto é salmão. E se for ao molho de maracujá, casa comigo! Enfim, Aquele troço amorfo, de cheiro horrível, acabou me embrulhando o estômago. Não é paladar de pobre Senhor @Ananista e Senhora @Egalan, mas sim paladar de um carnívoro. Me chama pra um churrasco. Melhor, me chama pra comer lasanha e aí seremos amigos 4EVER!

Sim, esse post não fala nada nem acrescenta algo a alguém. Só queria escrever, mesmo. Obrigado pelo espaço, WordPress o/

Anúncios




Brincando De Desenhar

22 04 2009

Vocês já sabem do meu amor por desenhos, história em quadrinhos, todo esse mundo das HQ’s. Sabem também que nunca fiz curso nenhum e só brinco disso, pretendo fazer um curso bacana ainda esse ano. Orem por mim XD

Eis que acordei com vontade de desenhar e fiz dois personagens que estão no Flickr. Daí imaginei uma pequena história para eles. O resultado foi uma tarde divertida de desenho e imaginação. Não terminei com nankin, nem nada. Vejam aí embaixo:

E sim, minhas férias já acabaram T__T





Testando Postar do PSP

5 04 2009

Isso mesmo. Nesse momento estou no quarto com as pernas destruidas de tanto andar pela Recoleta (google, por favor) com meu novo amigo dinamarques. Ele fala ingles, esta tentando aprender espanhol mas, maior do, minha gente! No hay futuro!
Enfim, como isso e um teste paro por aqui. Tomara que a mina peruana tenha largado o computador. A peste deve ser blogueira, porque eu chego e saiu da sala ela esta grudada no PC! Se bem que ela e do Peru, ne… Sera que tem internet la? Vou perguntar.





Minha Excursão Pela Santa Ifigênia

28 03 2009

Sta Ifigênia, o lar do Caos e da Miscigenação

Acordei com vontade de saber o preço dos netbooks da Santa Ifigênia. O problema: Só fui lá umas duas vezes há uns bons anos e da última eu me perdi! Mochila nas costas, lá fui eu.

Cheguei na boa graças ao tio do amendoim que me indicou direitinho (é só descer na República e ir reto =O Como consegui me perder?!). Para quem não conhece, Caos define.

São várias galerias com um monte de gente, um monte de carro e um monte de motos (Não descobri o por quê das motos, alguém?). Tem de um tudo naquele lugar, desde aparelhos de som para autos até iluminação para festas. Mas o forte são os eletrônicos. Notebooks, netbooks, PC’s, câmeras, mp3, mp4, mp5, mp6, mp7, mp8, mp9, mp10, mp11, mp12, mp13, mp14 e mp15! Sim, minha gente! E eu que parei no mp4… Pelo que eu entendi, o mp15 tem entrada para 3 chips, acesso a internet pelo provedor da operadora, faz ligação, é player mp3 (dã), reprodução de vídeo, grava voz, grava vídeos, tira fotos (câmera 5.0) e mais um monte de coisas. Ah! E tem um modelo ‘ENGUALZINHO’ ao iPhone. Isso mesmo, touch screen e tudo mais por R$350,00. Enquanto nego paga R$2.000,00 pelo brinquedinho, nego tá feliz, tá falando, tá escutando sem fone no busão, tá escutando sem fone no CPTM e tá feliz! Menos quem está do lado.

Minha intenção era ir embora daquele lugar. Afinal o que eu queria estava caro. Tudo lá é caro, viu? Recomendo o Stand Center 2.0 (chamo assim porque o Stand Center de verdade fechou e esse novo não tem nome). Lá os eletrônicos são bem mais em conta e a maioria dos vendedores falam português, porque olha, vou reclamar. Torre de Babel fica no chão! É um tal gente falando em árabe, chinês, inglês, bahianês, e mais uma porrada de dialetos que, dude! Você fica tonto! Dá certo não!

Agora, para fechar com chave de plástico, enquanto andava pela calçada, percebi um amontoado de gente me olhando. Egocentrismo é difícil… Não, eles não estavam me olhando. Estavam olhando o cover da banda(?) Calypso, que eu acabara de atrapalhar passando na frente da apresentação(??). Dentro de um cubículo de 2x2mts estavam o dono, um vendedor, um cara com um teclado, um cara com uma guitarra, uma loca fazendo a Joelma, um casal dançando e as mercadorias. Como, vocês me perguntam? Até agora meu cérebro não conseguiu entender o que viu, mas que foi assim foi.

Devia ter tirado uma foto, mas fiquei com medo. Sérião.





Planejando As Férias

18 03 2009

(Ou Como Tudo Na Minha Vida É Decidido De Uma Hora Para Outra).

Antes de mais nada, quero avisar que este é um post pessoal. Vou chorar as pitangas aqui e ficar feliz no final. E eu já comecei dando spoiler XD

Minha mãe conta que quando estava no hospital para eu nascer, estava tudo pronto para eu conhecer o lado de cá por meios normais. Estava encaixado na área de saída e tudo. De repente mudei e quis sair por meios não naturais. E eu acredito que isso queira dizer alguma coisa. Naquele momento eu assinava meu contrato com o Caos.

Nunca planejei a vida. Nunca parei e fiz contas, ou escrevi longos textos planejando meu futuro. Quando pensei em fazer faculdade, também de uma hora para outra, cheguei em casa com a inscrição paga e com o curso escolhido, isso em menos de uma semana. Pelo menos eu sempre quis fazer Letras. Mas nunca pensei em lecionar. Não tenho paciência, quer dizer, acho que não tenho paciência com adolescentes. Já passei por essa fase e sei como são difíceis de lidar. Principalmente no mundo em que vivemos hoje, com pais cada vez mais se abstendo de ensinar valores morais e cláusulas do contrato de convívio social.

Mas passei em um concurso para ser professor! Eu nem esperava, fiz de pura má vontade (mentira, depois que vi o salário estudei na madrugada que antecedeu o dia da prova e no caminho para a tal) e vejam vocês. Tudo bem que ainda não chegou meu número de chamada, mas não vai demorar muito, meu número tá logo ali.

E chego ao meu terceiro período de descanso no serviço, na vulgata, minhas férias. Nas outras duas nunca pensei em fazer grandes coisas. Na verdade a maior parte do tempo fiquei em casa. Dessa vez resolvi planejar, e só me estressei.

Não sei o por que, mas as coisas começaram a dar errado de forma homérica. Fiquei estressado com problemas financeiros, familiares, pessoais. Tudo resolveu acontecer ao mesmo tempo. Até que desisti de tudo. Desisti de planejar e resolvi fazer o que dava. O que aparecia, resolvia. Se era muito grande, se o bicho ficava muito feio, deixava de lado e quando ganhasse nível suficiente enfrentava-o. Simples assim. Foi quando lembrei que sempre fiz isso. Deixei nas mãos do Caos.

E tudo entrou nos eixos. Resolvi (a maioria dos) meus problemas. Do nada apareceu uma parceria no serviço junto a uma agência de viagens, consegui um preço bacanudo para ir a Argentina, de 02/04 a 07/04, um preço mais bacanudo ainda em um Hostel em Boedo, indicação do @diegomaia, e tudo resolvido de uma forma natural que está até me assustando. E sim, é minha primeira viagem internacional. Não sei nada. Não sei por onde começar, e não quero saber agora. Quando chegar a hora eu faço.

Podem me chamar de maluco, de egoísta, do que você quiser. Sei que sou feliz assim. Não me decepciono com planejamentos que não deram certo. Não fico estressado, sofrendo por antecipação. A vida foi feita pra isso, não foi? Pra ser vivida do jeito que ela é =)

Nem me perguntem o que o Caos fez com a minha vida amorosa, nesse quesito ele pinta e borda, e não é para  minha felicidade =(

E para fechar esse post que está chato, confesso. Minha vida não é tão cool assim.





E Como Anda A Vida? (ou O Que Fazer Sem Lost)

12 03 2009

Pois é gurizada (não sou do Sul, mas amo o sotaque e as gírias desse povo), nessa semana não há Lost. O que fazer? Escrever sobre o que aconteceu nos último dias!

Primeiro pessoas que jamais pensei encontrar no Twitter estão aparecendo. Logo, preciso moderar meus tweets. Inferno.

Daí que na sexta-feira, dia 06/03, houve uma ação de sete atores e dois grupos teatrais da cidade de São Paulo que transformaram a Avenida Paulista em Praia! Isso mesmo, com direito a canga, esteira e sungão! Qualquer ação que insira uma realidade em outra com apenas alguns poucos laços que prendam, façam parte da realidade dos que estão inseridos, e mesmo assim cause estranheza, e por sua vez reflexão, pra mim é válido =)

Clique para ver mais

Clique para ver mais

Tirei algumas fotos rápidas (que não ficaram muito legais). Choveu. Maior dó! Mas isso não os abalou, ficaram no vão livre do MASP. No mesmo dia fui assistir Watchmen – O Filme. Vocês já sabem o que achei do filme. Quer dizer,  desde que tenham lido o post abaixo.

Pula pra hoje. No caminho para o trabalho tive a visão do inferno. Satã e pomba-gira vestiram aquele Ser, não é possível. Tentarei descrever. Sapato de saltinho vermelho com bolinhas brancas; Calça de cintura baixa de cetim preta, daquelas que marca a calcinha,. No caso uma pipa; Blusa de cetim preta com o  umbigo aparecendo; Cinto, daqueles grossos, vermelho; Morena tingida de loira com uns quatro dedos de raiz.

Nada contra , mas tipo assim, se você quer tingir o cabelo, faça direito. Sabe manutenção? Mas isso não foi o que me deixou sentindo vergonha alheia. O que me deixou transtornado foi o fato da pessoa ter duas bundas. Sim, gordenha. Novamente nada contra. Mulher tem que ter carne (com parcimônia), abaixo as anoréxicas! Mas a coisa era tão horrível que a pessoa tinha estria no umbigo! E expunha aquela coisa para o mundo!

Agora refletindo sobre essa mulher que teve coragem de se vestir dessa fora, e sobretudo, coragem de sair de casa vestida daquele jeito, eu sinto inveja. Inveja pelo desejo e a determinação de ser feliz que a pessoa possui. Pela expressão facial da candanga dava pra ver que era uma pessoa feliz, resolvida na vida. Me sinto obrigado a parabenizá-la. Mas não perdôa-la por ter feito aquilo com a minha manhã de quarta-feira. Não mesmo!

Resumindo, esse post foi mais para encher lingüíça. Não tinha nada pra fazer, então porque não escrever, né? Se bem que eu podia estar desenhando… Falando em desenho, o Hector Lima lançará suas novas HQ’s  na Livraria HQ Mix, em São Paulo, nesta sexta-feira, dia 13. Ele não desenhou, foi o roteirista das histórias. Eu estarei lá, amo quadrinhos e gosto de prestigiar o trabalho de brothers brasileiros =)

Ainda dominarei essa arte de escrever e lançarei meus próprios trabalhos com os mundos e seres que caminham em minha mente (insira som de trovão aqui) HUAHUAHUA!

Ah! E hoje teve a foto do melhor cosplay EVER! Mandaram pelo Twitter.

</vadiagem>





Mudo

27 02 2009

Telefonica, eu te odeio. Eu tenho Speedy e fui afetado pelas chamas do prédio da Telefonica. Nem vou falar muito do ocorrido por que estou com muita raiva.

Na quarta-feira (25) estava seco pra blogar! Falar da versão beta do Safari 4, que amei, é rápido, é bonito. Nunca usei o browser da Apple, sempre usei o Firefox, e sempre amei. Mas, dude! Firefox, meu conselho motivacional para vocês: Move that fat ass and be faster and better than Safari 4!

Queria também comentar que ainda não assisti ao episódio de Lost 5×07 – The Life And Death o f Jeremy Bentham, mas já estou resolvendo isso. Logo também voltarei com um review do jogo Me And My Katamari, PSP. Sei que já foi lançado faz um bom tempo, mas só descobri agora e já me apaixonei! É muito absurdo e super legal =)

Ah! Ganhei um livro com versos soltos de Fernando Pessoa e um pelúcia do Snoopy aviador da Patygiz! Amo de paixão Fernando Pessoa. Me identifico com as facetas da personalidade dele, divididas em escritores. Olha, queria ter essa capacidade. Todos os que sou se misturam e no final me perco em saber quem são, me confundindo com quem sou eu. E Snoopy e Snoopy, né minha gente? Amo a turma do Peanuts! Olha a foto do presente aí em baixo =)

A cada dia amo mais os meus amigos =*

Também quero indicar um site de fotos, é o Lost.Art.br. Os caras mandam muito bem. As fotos são batante criativas e inspiradoras. Parabéns para os idealizadores o/