Reforma Ortográfica

5 01 2009

Eu não sabia que era tão apegado à minha língua.

Tô puto com essa história de Reforma Ortográfica. Puto!

Adeus trema. Adorava colocar trema em “seqüela” e “lingüiça”. Sei que era um dos únicos que mantinha o trema vivo e pulsando, mas ele era meu! Da minha língua! Da minha pátria!

Junto-me aos Portugueses de Portugal na luta contra essa Reforma imposta por políticos que não tem o que fazer.

Se era para melhor compreensão entre os documentos políticos, porque raios não criar um tratado de escrita apenas para eles? Por que mexer de maneira tão bruta e arbitrária na língua de tantos povos (a saber: Angola, Moçambique, Cabo Verde, Guiné-Bissau, São Tomé e Príncipe, Timor Leste, Brasil e Portugal)? <Dramático: ON>

Este blog continuará a ser escrito no bom e velho português, com hífens, tremas e acentos.